Atividade Motora na PHDA

Movimento melhora desempenho de crianças com PHDA em tarefas que exigem esforço cognitivo.

Estudos recentes têm demonstrado que em crianças diagnosticadas com Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA) existe uma grande correlação entre as atividades motoras e o desempenho em atividades de exigem esforço cognitivo.

As crianças com PHDA melhoram o seu desempenho em tarefas cognitivas quando são permitidos movimentos mais livres do que aqueles que são permitidos nas salas de aula. Os pesquisadores acreditam que o movimento aumenta o estado de atenção das crianças.

Por essa razão, várias escolas têm adotado estratégias que acrescentem mais movimento na sala de aula, nomeadamente alternativas às cadeiras tradicionais (como fitballs e carteiras com pedais), a permissão da realização dos trabalhados da aula em pé e mesmo a introdução de pausas para alongamentos.

Estas estratégias podem ajudar, não só as crianças com défice de atenção, como todas as crianças.

Saber mais em Psicoedu.

“PHDA não é uma desculpa. É uma explicação.”

Artigos recentes

Categorias

Etiquetas

2018-12-12T15:06:36+00:00
CERsolidário